Quantos esmaltes você precisa?

Desde novinha minha mãe sempre me ensinou a fazer tudo. Eu mesma faço a minha sobrancelha, me depilo, faço luzes e até arrisco e corto o meu próprio cabelo algumas vezes. Eu que faço a minha unha também. A primeira vez que fui a um salão foi há uns 3 anos e mesmo gostando da experiência, eu raramente utilizo os serviços de uma manicure.

Assim que fui morar sozinha comecei a montar a minha “caixinha de unha” e aos poucos ela foi crescendo…crescendo…até virar uma loucura! Percebi isso quando comprei um esmalte branco para fazer francesinha e quando cheguei em casa eu vi que já tinha aquela mesma cor na caixinha. Aquilo me deu um “click” e eu decidi que nunca mais compraria esmalte até eu usar tudo (super dramática! Hehe).

Isso aconteceu mesmo antes de eu começar a ler sobre o minimalismo. Eu olhei para aquele monte de esmalte e pensei no tanto de dinheiro que eu havia gastado com algo que eu raramente uso. Alguns já estavam vencidos há anos! Tem épocas que pinto a unha 2 vezes ao mês, mas também já passei uns 3 meses sem fazer por preguiça.  Com isso os esmaltes vão se acumulando, ficando grossos e vencidos.

Eu fiz uma pesquisa rápida no Google e achei no blog Loucas por Esmalte que com um vidro que tem em média 8 ml você consegue pintar as unhas umas 10 vezes (com camadas duplas). Dez vezes!! Eu odeio contas, mas tive que calcular o quanto que meus esmaltes podem render e descobri que com os 25 que tenho hoje eu posso ficar  uns 20 anos sem comprar mais. V.I.N.T.E. A.N.O.S! É claro que eles vão vencer antes disso, mas isso mostra o absurdo que é ter tantos esmaltes.

25 esmaltes

Meus esmaltes. 3 bases! Why?!?

Eu já tive muito mais e cheguei a 25 unidades depois que “parei” de comprar esmaltes em 2014. Na verdade, acabei comprando um Renda da Risqué que por ser básico uso mais e um de glitter dourado pra fazer uma coisinha diferente de vez em quando. Agora eu até fico namorando cores novas que vão saindo mas deixo para usá-las nas raras vezes que vou ao salão. Eu também comecei a pegar emprestado com a minha mãe, assim posso dar uma variada sem ter que comprar.

 

 

E hoje minha caixinha está assim:

caixinha de unha

 

Eu tenho arrumado meus esmaltes regularmente e vou jogando fora cores que já não combinam comigo (tinha um laranja horrível) e também aqueles que já venceram há muito tempo. Hoje mesmo achei um vencido desde 2005!

Eu fiz uma análise das cores que gosto mais e do que eu realmente uso e cheguei nesse número ideal pra mim:

1 base incolor

1 escuro (tipo o Black e o Café da Colorama)

2 rosas (um escuro e um claro)

2 vermelhos (um escuro tipo o Paixão e outro mais vibrante como o 40 graus, ambos da Colorama)

3 clarinhos (o Pétala Branca da Colorama para fazer francesinha, o Renda da Risqué e um nude tipo o Cappuccino também da Risqué)

1 excêntrico (para aqueles dias que eu quiser algo mais alegrinho)

Total: 10 esmaltes

Mesmo assim ainda é muito se você for seguir um padrão mais minimalista. Já vi uma moça que tem apenas 3 esmaltes.  Acontece que cada pessoa tem uma realidade, vontade e necessidade diferente. Na minha opinião, o importante é cortar o excesso e desperdício ao máximo dentro do que for possível. E você? Quantos esmaltes você precisa?

 

Desafio: 40 Dias de Destralhe (#40bagsin40days)

40bagsin40daysCom as férias, adaptação escolar, volta ao trabalho e Carnaval eu relaxei um pouquinho com o processo de destralhe…e não me arrependo. Tem horas que precisamos focar no que é mais importante naquele momento. Eu ainda não acabei essa fase aqui em casa e com tudo isso acontecendo não consegui fazer muita coisa nos últimos meses.

Já tem um ano que aos poucos tenho mudado nossos hábitos e evito trazer mais tralha para o  nosso lar. Mesmo assim ainda tem muuuita coisa pra destralhar! Lendo sobre minimalismo achei algo que pode me dar um empurrãozinho,  o desafio 40 Bags in 40 Days. Ele começa hoje e tem como objetivo tirar pelo menos um saco de lixo (ou coisas para doação) por dia. Essa é  uma forma de manter a casa livre do acúmulo feito ao longo do ano que passou e começar o ano novo com tudo limpinho e organizado. O Carnaval já acabou, 2017 já pode começar! hehe.

Durante o desafio você irá limpar um lugar da casa por dia (ex: gaveta da bagunça na cozinha). Você pode listar em uma folha os 40 lugares que gostaria de destralhar e na frente deixar espaço para colocar detalhes do progresso. A minha lista está ficando assim:

40bagsin40daysprogresso

Quando você pensa em um saco por dia parece fácil e animador, mas para tudo não ir por água abaixo você precisa se planejar. Eu decidi que vou começar pelos meus calçados, mas você pode dividir a sua casa por ambientes e listar o que precisa ser feito naquele espaço. Por exemplo, aqui em casa na cozinha tenho que dar uma geral no freezer, organizar a despensa e arrumar a gaveta de potes. Faça a sua lista de acordo com a sua realidade e necessidade.

É claro que você pode tirar mais de um saco por dia ou talvez nenhum. Você deve reservar um dia da semana sem esse compromisso (o meu vai ser a segunda, nunca marco nada pra esse dia). O importante é que no final você terá 40 lugares diferentes, que muitas vezes ficam negligenciados por não estarem à vista, limpos e livres de coisas desnecessárias!

Esse desafio também funciona como uma análise de todo o processo de destralhe e organização que talvez esteja em andamento. Eu por exemplo,  já percebi que dobrar minhas roupas com o método Marie Kondo funcionou, minhas gavetas nunca ficaram tão arrumadas por tanto tempo. Porém, minha gaveta de roupas íntimas  não  durou nem uma semana em ordem. E assim nós seguimos…trocando experiências e tentando novas formas de organizar para deixar nossa casa mais prática, aconchegante e leve. Respira fundo e vai!