Receita: Hambúrguer de Atum

hamburguer_atumEu tenho o maior preconceito com receitas quentes que levam atum. Sei lá…prefiro ele geladinho. Estou com uma lata aqui e não queria fazer patê com maionese, então achei uma receita de hambúrguer de atum e fiquei super desconfiada.

Estou tentando acabar com o estoque de alimentos que temos antes de comprar mais. Além de ocupar muito espaço, se a gente se distrair, alguns itens passam da data de validade.

Essa lata já está me olhando há algum tempo e hoje eu resolvi fazer o hambúrguer. Pesquisei várias receitas na internet e criei esta que está aqui embaixo. Para minha surpresa ficou maravilhoso! Eu comeria isso todo dia, sério. Minha bebê também amou! Eu nunca tinha dado nada enlatado para ela, acredito que uma vez ou outra não tenha problema. Olha como é fácil!

Ingredientes

1 lata de atum (usei o ralado)

1 ovo

3 colheres de sopa de farelo de aveia

1 colher de sopa de cebola cortada em cubinhos

3 colheres de sopa de cenoura ralada fininha

Manjericão e alecrim frescos a gosto.

1 colher de café de alho ralado.

Sal marinho (opcional)

Modo de preparo:

Retire todo o óleo do atum e misture aos demais ingredientes até formar uma massa homogênea. Modele no formato de hambúrguer e coloque em uma assadeira untada com azeite. Leve ao forno pré-aquecido a 230º por uns 15 minutos. Espere ficar moreninho e pronto!

Rende: 5 hambúrgueres bem pequenos ou 2 grandes.

MINHAS DICAS:

  • Depois de pronto, vocês podem congelar por até 45 dias.
  • Cuidado com o sal, o atum já tem bastante sódio, coloque só um pouquinho.
  • O atum pode ser qualquer um, uma das receitas que eu vi pedia o sólido (natural) o meu ficou ótimo com o ralado.
  • Usei as ervas que eu tinha. Você pode colocar o que tiver em casa.

 

Anúncios

Desafio de Outubro: Vamos brincar?

No desafio de Agosto o foco foi nas finanças, no de Setembro dediquei um tempo considerável a mim mesma com o início do meu processo de reeducação alimentar e emagrecimento.

Esse mês tem uma pessoinha que merece mais atenção, a Bia, minha filha. Não que eu esteja negligenciando ela, mas não temos tempo suficiente para brincar e relaxar juntas.

Ainda estou no processo de destralhe da casa e com isso passo várias horas organizando as coisas. Eu trabalho apenas na parte da noite, mas sempre tenho aulas para preparar. Tenho evitado alimentos industrializados e isso é maravilhoso (já mandei 5kg embora!), só que leva mais tempo no preparo das refeições. Abrir uma lata de milho é bem mais fácil que limpar a espiga e cozinhar.

Como eu passo o dia em casa estou sempre juntando os brinquedos, lavando roupa, lavando vasilha (parece que se reproduzem dentro da pia), dobrando e guardando roupas…enfim, as coisas nunca acabam! Ainda tem os cuidados básicos com a Bia como trocas de fralda, banho, dar comida, por para dormir…quando vejo já está na hora de me arrumar para ir trabalhar.

Eu já tinha pensado nesse assunto… eu quase não brinco com a minha filha. Esse alerta já está na minha cabeça há algum tempo. Agora que ela anda e interage mais, poderíamos estar fazendo muitas coisas juntas. Domingo minha sogra olhou para ela e reforçou algo que todos nós já sabemos: “Aproveita cada fase porque passa muito rápido”. Eu sei! Ontem meu celular me lembrou de fotos de um ano atrás…ela era um pinguinho de gente. Não andava, não falava, mal sentava. Hoje ela já faz bobeira, canta, dança, se impõe, faz denguinho…já não tem mais características de um bebê.

Então é isso, o desafio de Outubro será brincar mais com a Beatriz (1 ano e 5 meses). Vou tentar mudar nossa rotina diária para sobrar mais tempo para ela. Ontem mesmo já deixei o almoço adiantado. Cozinhei a couve flor, congelei o espinafre e lavei as verduras para hoje dar mais atenção a ela. Fazer almoço com aquela coisinha pendurada em mim pedindo atenção estava me matando!

Eu não trabalho nas Sextas e por isso vou tentar fazer brincadeiras mais elaboradas nesse dia. Ainda estou pesquisando ideias e depois conto tudo aqui! A vida é assim, precisamos parar de reclamar e nos organizar mais. Devemos focar em nossas necessidades e mudar o que pode ser mudado. E que comece o desafio, vamos brincar?

5 dicas de uma pessoa normal para começar a emagrecer

seameblog3Eu não sou nenhuma musa fitness (hehehe não mesmo), mas nesse último mês aprendi muito com o início da minha dieta. Já li muitas dicas de pessoas famosas, mas a maioria não se encaixa com a vida de uma pessoa “normal”.  Há muitos anos venho lutando para iniciar o processo de emagrecimento e ter uma vida mais saudável e só agora cuidando da minha filha eu percebi como isso é realmente importante. Ela não fica doente e isso fez com que uma luzinha se acendesse em mim.

Com alguns alertas relacionados a minha  saúde (falta de cálcio nos ossos e má circulação) veio também a indicação dos médicos: Eliminar o sobrepeso e…exercício!

Comecei o projeto Me Minimizando com o desafio de setembro e  foi um sucesso! Aqui deixo algumas coisas que aprendi com esse recomeço…

Planeje! Pense o seu cardápio da semana com antecedência, compre o que será usado. Repita o cardápio se necessário, isso facilita a sua vida e não tem problema algum. Fazer dieta não é caro como muitas pessoas falam. Só é caro se você for ao mercado e comprar um monte de produtos industrializados que dizem ser bom para uma vida mais saudável. Legumes e vegetais são mais baratos que isso. Biscoitinhos, barrinhas, pães integrais e iogurtes não são tão legais como mostram nas propagandas. Faça a sua comida.

Cozinhe! Isso mesmo, cozinhe. Sei que muita gente não tem tempo, mas a comida pode ser congelada. Você pode congelar alguns legumes e verduras cozidos, carne pronta, feijão e fazer apenas um complemento no dia se necessário. Eu congelo tudo, até o pãozinho semi-integral que faço. Depois é só colocar 20 segundos no micro-ondas e eles ficam fresquinhos!

Faça exercícios! Isso tem sido o mais complicado para mim. Eu não quis investir em uma academia nesse começo, primeiro quero emagrecer e criar o hábito de comer melhor. Como eu só tenho de 6 às 7 da manhã para caminhar nem sempre estou disposta a acordar tão cedo mas tenho me esforçado. Você tem que fazer o que funciona para você, analise a sua necessidade e seu tempo, comece devagar. Acredito que muitas vezes erramos por ir com muita cede ao pote e com isso acabamos desistindo de tudo! Eu já perdi a conta de quantas vezes fiz isso.

Acorde cedo! Nossa, que maluquice eu falar isso…sempre odiei acordar cedo, mas tenho percebido os benefícios. Minha bebê acorda 9:30 e depois disso parece que um furacãozinho está passando pela casa. Resultado, não consigo fazer mais nada. Comecei a acordar às 7 em alguns dias e isso tem sido ótimo. Ainda preciso administrar melhor a hora de ir dormir. Minha vida inteira fui deitar tarde mas sei que isso não é saudável, estou mudando.  Acordando cedo eu consigo caminhar ou apenas fazer uma série de alongamentos em casa mesmo (achei esse no You Tube), consigo assistir um pouco de tv, escrever para o blog, olhar as redes sociais, ler e planejar meu dia. Como todo o resto, é um hábito que precisa ser incorporado na rotina.

Reclame menos, se ame mais e mude o que você pode.

Se ame! Gorda, magra, durinha, molinha, nova, velha…se ame! Reclame menos, se ame mais e mude o que você pode. Quando a gente se ama o processo de emagrecimento deixa de ser uma urgência ou exigência de terceiros e passa a ser um processo. Um processo de autoconhecimento, mudança de hábitos e um verdadeiro aprendizado. Nossa mente pode ser nosso pior inimigo, mas também pode ser uma grande aliada!

O importante é fazer tudo de forma consciente e com prazer. Nada de sacrifícios, quando estamos empenhados e motivados, vemos as coisas de forma diferente. Vá ao médico, leia sobre o assunto e tente adaptar tudo ao seu estilo de vida. Estamos aqui para sermos felizes e se algo está te incomodando, mude!

 

 

Desafio: Começando a dieta (Última Semana)

Finalmente chegamos na terceira semana. O desafio desse mês era apenas começar a dieta e isso eu consegui fazer com sucesso! Esse será um processo longo, pretendo chegar aos 60Kg até dia 31 de Dezembro (desse ano hehehe). Comecei esse desafio com 75Kg (tenho 1,65cm de altura) e agora estou com 71Kg!

Registrar o que venho fazendo e principalmente tirar fotos e montar uma colagem no final do dia foi fundamental nesse início. Muitas vezes eu queria sair da dieta, mas para não estragar a foto eu acabava desistindo de comer. O blog tem sido uma surpresa muito agradável, escrever aqui me estimula a pesquisar mais e me esforçar para que essa não seja outra tentativa fracassada.

Meu cardápio nesse final de mês ficou assim:

cardapio-dieta-dia-11

Apenas proteína e legumes na parte da noite.

cardapio-dieta-dia-12

Assei uns biscoitinhos de polvilho na parte da manhã para comer durante a semana. Depois que esfria fica murcho e não deu muito certo. De noite meu marido fez feijão sujo, tipo uma feijoada. Para não cair em tentação fiz meu feijãozinho também. Usei a carne moída que tenho comido durante a semana, molho Tabasco e couve picada fininha. Quase coloquei mussarela, mas desisti. 

cardapio-dieta-dia-13

Na parte da tarde minha filha come biscoito de polvilho e eu acabo roubando alguns.

cardapio-dieta-dia-14

Na parte da noite não tinha nada pronto e então peguei vários pedacinhos de legumes na geladeira e fiz uma sopinha. Coloquei um pouco de macarrão integral e músculo pronto congelado. Ficou uma delícia!

cardapio-dieta-dia-15

Na parte da tarde rolou a farra do carboidrato, mas de noite tomei minha sopinha linda de novo.

 

Nesse início tenho tomado o suplemento Thermo Maxx  que controla o apetite e ele me ajudou bastante. Na primeira semana era difícil esperar a hora do lanche da tarde. Eu também sentia um pouco de fome antes de dormir. Com ele isso acabou. Além dele, já tem uma semana que comecei a tomar o T_Sek  para diminui a retenção de líquido, mas ainda não consegui sentir muita diferença.

Faltou mais exercício essa semana, só fui caminhar uma vez. Minha semana no trabalho foi um pouco estressante e eu não consegui acordar cedo. Comecei a procurar uns vídeos de yoga no You Tube para fazer em casa. Se der certo eu conto aqui.

Olha, eu não imaginava que eu seria tão consistente. Percebi como é importante mudar a nossa relação com a comida. Agora enquanto escrevo, mesmo sem fome, estou querendo fazer um macarrão com bacon para comemorar o sucesso da dieta…loucura total! Lógico que eu não vou fazer, essa é a Gabriela antiga falando. A Gabriela nova quer outras coisas.

Desde que resolvi mudar minha vida fui vendo o que estava em desequilíbrio para eu traçar um plano de mudança. Meu descontrole em relação à alimentação é um ponto importante. Aqui começa não só um processo de emagrecimento, mas também uma mudança de pensamentos (gordos) que não trazem benefícios para a minha saúde. Termina aqui um desafio e começa outro. O que quero é que todas essas mudanças virem hábitos e façam parte da minha vida para sempre. O ponta pé inicial já foi dado!  Bye bye 4 quilos!

 

Desafio: Começando a dieta (Segunda Semana)

Acabou a segunda semana! Olha…nunca segui tão firme em uma dieta. Geralmente depois da primeira semana perco as estribeiras no fim de semana e desisto…desisto de viver. Fico de mau humor e reclamona e então volto para uma vida cheia de falsos prazeres e falta de controle.

Dessa vez está diferente. Parece que estou mudando junto com meu corpo. Estou mais disposta e não passo tanta fome. Comecei a tomar o suplemento mineral e vitamínico Thermo Maxx e aquele desespero para esperar a próxima refeição acabou. Muito estranho isso (nunca tinha tomado nada assim) mas a embalagem diz que é tudo natural e foi o nutricionista que passou. Estou amando!

Na sexta chegou o outro suplemento que faltava,  o T_Sek, que diz  reduzir o inchaço abdominal ocasionado pela retenção de líquidos. Comecei na sexta, mas ainda não senti diferença.

Consegui caminhar 2 vezes (meu objetivo são 3) e Sábado fui a pé para o trabalho, 25 minutos de caminhada. Melhor que nada.

Desde que comecei não comi doce. Coloco duas colherinhas de açúcar cada vez que tomo café (2x ao dia) e só.

Comecei a comer um pão de queijo de frigideira de manhã para evitar o consumo de pães e torradas industrializados.

Recebi minha sogra e minha mãe essa semana para o almoço. Consegui manter a dieta fazendo uma comida simples, nutritiva e saborosa. As duas adoraram!

E assim foi a minha semana…

dia-6-cardapio-dieta

Consegui tirar o carboidrato da janta. Ponto pra mim!

dia-7-cardapio-dieta

Mais um dia sem carboidrato de noite.

dia-8-cardapio-dieta

Bye bye carboidrato antes de dormir.

dia-9-cardapio-dieta

Olha…esse macarrão que a minha sogra fez estava me olhando desde ontem, não resisti, mas foi só um pouquinho.

dia-10-cardapio-dieta

Que maravilha! Consegui um dia sem glúten, não vou cortar, apenas tentar reduzir. Nesse dia só errei no pãozinho de queijo extra que peguei.

 

O fim de semana…

Sábado de manhã eu estava com 71Kg! Quase chorei de alegria. Passei o dia me comportando. Minha comida deu apenas R$ 8,00 no restaurante a quilo só que de noite exagerei. Fui no aniversario de uma amiga e bebi cerveja, comi bolo, docinho, torresmo… Eu poderia ter me controlado. Ainda jantei! Era feijão tropeiro que eu amo.

No Domingo saímos para comer um peixe, mas todas as opções estavam tão caras e as porções são muito grandes. Desistimos de almoçar e pedimos apenas uma porção de isca de peixe frito. Tomei uma caipirinha também! Me arrependi e percebi que preciso me organizar melhor para o fim de semana. Resultado, hoje de manhã eu tinha voltado para os 72kg.

De qualquer maneira já foram 3kg embora desde que comecei e estou super feliz. Não estou ficando faminta e nem sentindo que a vida é horrível. Pelo contrário, meu humor está ótimo! Tenho lido muito sobre alimentação saudável e é assustador o que a indústria alimentícia faz com a gente. Quero que essa mudança seja para sempre.

E vamos para a terceira semana…será que consigo emagrecer mais 2 quilinhos?

 

 

Receita: Pão de queijo de frigideira

paodequeijode-frigideiradieta

Eu não sei fazer dieta sofrendo e nem comendo coisas sem gosto. Eu já conhecia essa receitinha maravilhosa e agora nesse momento de início de dieta ele tem me salvado!

Com esse pão de queijo me sinto saciada, fujo do consumo excessivo de produtos com farinha de trigo e fico longe de pães industrializados.

Essa delicinha eu encontrei no Blog da Mimis, logo abaixo está a receita original. No final eu comento as mudanças que tenho feito.

Ingredientes

  • 1 ovo
  • 1 clara
  • 2 colheres (sopa)polvilho azedo
  • 1 colher (sopa)água
  • 1 colher (sobremesa)iogurte desnatado ou queijo cottage
  • 1 pitadinha sal
  • 3 fatias muçarela light

Modo de preparo

  1. Bata os ovos, o sal, o polvilho, o iogurte e a água no mixer ou liquidificador.
  2. Coloque 1/3 da massa na frigideira antiaderente pré aquecida e cozinhe em fogo baixo.
  3. Quando despregar da panela, vire e espere dourar do outro lado.
  4. Coloque a muçarela e faça um rolinho.
  5. Com o calor da massa o queijo irá derreter.
  6. Faça as outras porções com o resto da massa.

Dicas

Pode trocar por polvilho doce. Pode usar iogurte ou cottage lac free e trocar o recheio, assim sua receita estará livre de lactose. Pode fazer sem iogurte também, mas ele deixa a massa mais cremosa. Use bem pouco sal pois o recheio já será salgado.

MINHAS DICAS:

  • Tenho colocado apenas uma colher de sopa de polvilho, ele fica menor e o gosto não muda. Assim faço apenas uma porção.
  • Se não tenho iogurte desnatado ou cottage, coloco uma ricota que eu mesma faço.
  • Não ponho a clara porque depois fico sem saber o que fazer com a gema que sobra.
  • Dependendo do recheio não coloco sal na massa. Já testei colocar ervas finas e um mix de sementes e ficou ótimo.
  • Bato com o garfo mesmo. Vamos minimizar a sujeira e trabalho né…

Desafio: Começando a dieta

Olá! O desafio desse mês é sobre emagrecimento. No post Me Minimizando eu explico como cheguei aqui, nos 75Kg e nesse desafio.

Comecei no dia 12/09 seguindo as orientações do meu nutricionista. Minha semana ficou assim:

 

desafio-de-setembro-dia-1

Calma! Eu sei que essa pizza não deveria estar aí, mas esse foi só o primeiro dia. O pão também deveria ter sido apenas meio…mas eu me distraí.

desafio-de-setembro-dia-2

Segundo dia lindo! O pão da tarde foi só meio, é que eu esqueci de registrar e não achei uma foto com metade hehe.

desafio-de-setembro-dia-3

Meu marido me surpreendeu com uma cervejinha e petiscos…ainda não tenho forças para recusar.

dia-4

Tudo lindo!

desafio-de-setembro-dia-5

Poderia ter ficado sem o biscoito de polvilho.

O fim de semana eu não registrei por não ter seguido a dieta. Não abusei, mas também não fui tão regrada.

Aumentei meu consumo de água. Quando estou em casa bebo o tempo todo. No trabalho, levo uma garrafinha (250ml) para a sala de aula e me forço a beber uma por aula.

Estou me acostumando com as frutas nos intervalos. Elas ajudam a segurar a fome.

Passei a usar o sal rosa do Himalaia e açúcar demerara.

Ainda não consegui engrenar na atividade física. Eu vou tentar caminhar antes do meu marido ir trabalhar às 7h.  Na primeira semana consegui ir apenas uma vez e deu tudo errado. Na hora de sair o bebê chorou e eu tive que voltar, a bateria do meu MP3 acabou, meu marido ficou tenso com medo de eu não voltar a tempo. Caminhei apenas 30min.

Resultados: É só eu diminuir a quantidade de pão e já sinto que dou uma desinchada. Consegui emagrecer 2kg e estou super feliz, mas quero ir com calma. Uma semana de cada vez. Hoje comecei a tomar o suplemento  Thermo Maxx. Não sei se foi psicológico…mas minha fome diminuiu. Semana que vem eu conto se deu certo.