Desafio: 40 Dias de Destralhe (#40bagsin40days)

40bagsin40daysCom as férias, adaptação escolar, volta ao trabalho e Carnaval eu relaxei um pouquinho com o processo de destralhe…e não me arrependo. Tem horas que precisamos focar no que é mais importante naquele momento. Eu ainda não acabei essa fase aqui em casa e com tudo isso acontecendo não consegui fazer muita coisa nos últimos meses.

Já tem um ano que aos poucos tenho mudado nossos hábitos e evito trazer mais tralha para o  nosso lar. Mesmo assim ainda tem muuuita coisa pra destralhar! Lendo sobre minimalismo achei algo que pode me dar um empurrãozinho,  o desafio 40 Bags in 40 Days. Ele começa hoje e tem como objetivo tirar pelo menos um saco de lixo (ou coisas para doação) por dia. Essa é  uma forma de manter a casa livre do acúmulo feito ao longo do ano que passou e começar o ano novo com tudo limpinho e organizado. O Carnaval já acabou, 2017 já pode começar! hehe.

Durante o desafio você irá limpar um lugar da casa por dia (ex: gaveta da bagunça na cozinha). Você pode listar em uma folha os 40 lugares que gostaria de destralhar e na frente deixar espaço para colocar detalhes do progresso. A minha lista está ficando assim:

40bagsin40daysprogresso

Quando você pensa em um saco por dia parece fácil e animador, mas para tudo não ir por água abaixo você precisa se planejar. Eu decidi que vou começar pelos meus calçados, mas você pode dividir a sua casa por ambientes e listar o que precisa ser feito naquele espaço. Por exemplo, aqui em casa na cozinha tenho que dar uma geral no freezer, organizar a despensa e arrumar a gaveta de potes. Faça a sua lista de acordo com a sua realidade e necessidade.

É claro que você pode tirar mais de um saco por dia ou talvez nenhum. Você deve reservar um dia da semana sem esse compromisso (o meu vai ser a segunda, nunca marco nada pra esse dia). O importante é que no final você terá 40 lugares diferentes, que muitas vezes ficam negligenciados por não estarem à vista, limpos e livres de coisas desnecessárias!

Esse desafio também funciona como uma análise de todo o processo de destralhe e organização que talvez esteja em andamento. Eu por exemplo,  já percebi que dobrar minhas roupas com o método Marie Kondo funcionou, minhas gavetas nunca ficaram tão arrumadas por tanto tempo. Porém, minha gaveta de roupas íntimas  não  durou nem uma semana em ordem. E assim nós seguimos…trocando experiências e tentando novas formas de organizar para deixar nossa casa mais prática, aconchegante e leve. Respira fundo e vai!

 

 

Não deixe as pessoas entrarem no seu mundo de paz

Quando digo isso me refiro às pessoas com energia pesada, negativa e tóxica.  Uma vez li que devemos nos afastar de pessoas negativas e desde então tenho tentado isso. Melhorou, mas é difícil. Muitas vezes elas são parte do no nosso dia a dia, são amigos ou familiares e isso torna tudo mais difícil.

Sempre chamei essas pessoas que só falam de seus problemas (e muitas vezes nos colocam neles) de “pessoas negativas”, mas de uns tempos pra cá comecei  a ver o termo “pessoas tóxicas”. O segundo termo faz mais sentido e é mais amplo. Elas nos contaminam, mudam o nosso estado de espírito e nos tiram de nosso eixo.

Leva muito tempo para mudarmos o jeito que pensamos, fazer ajustes na rotina e construir uma vida livre de estresse e pensamentos negativos. Aí vem aquela pessoa e…acaba com tudo! Eu já melhorei muito, demora para pessoas assim entrarem no meu mundinho de paz que venho construindo ao meu redor. Mas elas ainda entram, sem serem convidadas.

É um trabalho constante, a sua cabeça é a sua maior aliada. O jeito que você lida com essa situação faz toda a diferença. Você pode escolher apenas sucumbir a essa situação ou pode começar a agir. Aqui coloco algumas coisas que já faço e outras que eu ainda preciso aprender, se você tiver mais dicas, conta aqui pra gente.

A primeira dica e mais importante é…

Evite pessoas tóxicas. Tome controle da situação, aos poucos vá se afastando, diminua o contato. Eu já fiz isso com algumas pessoas e não me arrependo. Quando isso é possível o problema acaba aqui mesmo.

Agora, se não tem jeito e você tiver que enfrentar a fera pelo menos…

enfrentando_a_fera_minimalismo

 

 Aprenda a dizer “não”. Imponha-se sobre essas pessoas. Elas geralmente querem te forçar a fazer só o que elas querem. Eu sempre gostei de agradar a todos, fico mal se alguém se chateia comigo e por isso sempre fiz tudo pelos outros. Quando percebi que isso me fazia mal comecei a dizer “não” e isso mudou a minha vida. Esse foi só o primeiro passo, ainda preciso deixar minha mente mais forte e protegida contra pressão externa. Muitas vezes ainda faço coisas que não quero só para não me indispor com alguém.

Não fique falando delas.  Isso só interioriza a importância de uma pessoa que não merece a sua atenção. Não fale dela quando ela não estiver por perto. Quanto mais você falar, mais tempo será desperdiçado com alguém que não deveria. Assim ela estará fixamente na sua cabeça o que te causará mais pensamentos ruins e seu equilíbrio será comprometido.

Pare de seguir pessoas e páginas que postam muitas notícias ruins. Eu sei que não podemos ser alienados, mas eu não aguentava mais acordar de bom humor e quando olhava o celular via notícias de estupro, preconceito, corrupção, crianças e animais sendo maltratados. Aquilo não estava me trazendo beneficio algum. Parei de seguir tudo! Quando quero saber o que está acontecendo no mundo entro em um portal de notícias online ou assisto televisão.

Não preste atenção em tudo que eles falam.  Quando não tiver como correr, ouça a conversa seletivamente e tente fazer comentários positivos nas partes da conversa que requer a sua intervenção. Você também pode tentar mudar o tema da conversa para algo mais agradável.

Aceite que você não pode mudar o mundo. Você pode até tentar ajudar essas pessoas mas é importante perceber  que você não é responsável por salvar e mudar ninguém. Só faça se você puder lidar com isso, gastar energia com quem não quer só irá te estressar. Isso também vai depender do quanto essa pessoa é importante para você, às vezes vale a pena tentar.

Tente outras formas de liberação. Medite, caminhe, ouça música, escreva ou assista um programa leve. Essas são poderosas armas que liberam a nossa mente de pensamentos negativos. Durante o dia escuto música e canto junto, coloco Beyoncé e tento fazer as coreografias (hehe desastre!). Agora mesmo estou escrevendo e escutando esse vídeo aqui pra tentar descarregar as energias negativas da semana. Outra hora boa para tentar relaxar é antes de dormir. Eu imagino cenas de coisas que provavelmente nunca vão acontecer mas me trazem paz. Imagino uma praia paradisíaca, barulho de água, viagens a lugares que gostaria de visitar. Isso me acalma.

O segredo está em você.

Na verdade, o melhor mesmo é se cercar de pessoas agradáveis com assuntos que te interessam. Pode até rolar uma reclamaçãozinha aqui ou ali, ninguém é de ferro, mas tudo tem limite.  Priorize encontros com pessoas que sejam otimistas, alegres e felizes…mas lembre-se: O segredo está em você. Você decide se alguém irá interferir ou não no seu equilíbrio mental. Vamos tentar?